Por que a Obra Missionária é tratada como espinosa em canções, textos e em púlpitos de muitas igrejas? Conheça aqui o que considero “Espinhosa” nestes meus 25 anos de Missões. Quantos já perceberam que uma grande quantidade de Canções Missionárias, estão sendo cantadas, onde fala que Missões é uma Obra Espinhosa?

Sempre me interessei pesquisar pela internet, para saber o que esta sendo feito por Missões, e cheguei a conclusão de que todas as igrejas e seus membros estão envolvidas em três questões, as que fazem Missões, as que Ignoram e as que fazer mal feito.

Vou mostrar aqui alguns Espinhos que os Missionários enfrentam durante sua permanência no Campo Missionário.

Quase a totalidade dos Missionários já foram espetados por um Espinho dos quais farei menção nos próximos parágrafos a seguir.

Tem lugares que conheço aonde o tema Missões é Primada, isto é, tratado com Primazia, com Prioridade e com Excelência. Nestes lugares as Missões caminham na vanguarda, de mão dadas com os recursos tecnológicos, enlaçados com as carências da nações e revestidos com a graça do Espírito Santo para cumprir com os requisitos bíblicos inerentes.

Outros lugares ela é Ignorada por completo, parece que nunca encontraram na Bíblia o versículo que ordena ir pelo mundo todo e pregar o Evangelho a toda criatura.

Mas também existem lugares que as Missões estão sendo feita com defeitos, sem autoridade, sem conhecimento de causa, sem paixão, sem compromisso.

Quem esta falando de Missões e levantando Ofertas Missionárias, mas não dando o destino missionário adequado, esta obra esta sendo feita com defeito.

Acaso poderia eu colocar uma agencia própria do INSS e distribuir o numero da minha conta bancaria para que a gente deposite suas contribuições? O INSS não tem Franquia, por tanto, ninguém poderia ter uma agencia particular.

Mas com referencia a Missões ou em torno dela, é como quem tem uma Agencia Própria do INSS, onde vários pastores hão criado formas próprias e particulares de fazer Missões, neste caso próprio de fazer Missões, percebo que o intuito é apenas de fazer arrecadações particulares, tiram a oferta do bolso do povo, para colocar no bolso do possessor de Missões e depois rechear sua conta bancaria.

Já fui em culto de Missões onde o único objetivo daquela igreja era apenas arrecadar mais uma oferta Missionária, mas como o culto não continha informações missionárias, nem paixão por missões, aquela oferta missionária levantada, foi medrosa, sem graça, sem peso, sem presença de oferta missionária.

Pois, quando a Oferta Missionária é feita com Coragem, por que existe uma Obra Missionária Real e uma necessidade a ser suprida, o povo entrega tudo o que tem na mão, dinheiro, relógio, celular, câmara fotográfica, bíblia, chave do carro.

O SILENCIO É UM ESPINHO QUE MACHUCA OS MISSIONÁRIOS.

Para mim que sou Missionário por 25 anos existem algo que causa muita dor, que me faz chorar, vou chamar isso do Espinho do Silencio, Silêncio de quem poderia responder ao Clamor dos Missionários e não o fazem.

Um pastor que não houve o Clamor de um Missionário, jamais escutará o clamor das almas famintas. Jamais escutará o clamor do ferido jogado na sarjeta, com certeza, passará de longe como o Levita e o Sacerdote da parábola do Bom Samaritano.

Quantas vezes necessitava uma resposta durante uma semana, para tomar um grande decisão, mas não vinha a resposta. Responder a um Missionário com um apenas: “Vamos orar irmão!”, é deixar o Missionário na mesma situação.

Tem tanta gente clamando com fome de algo e nem sabem que este algo é Cristo!

Para mim falar da Obra Missionária, eu tiro o chapéu, coloco a mão no coração, e escrevo com muito respeito e tenho autoridade para te perguntar: O que você esta fazendo por ela? Até quando estará em Silencio?

ESPINHOS E GRÃOS DE AREIA, NÃO BROTAM

Em Missões, sempre estará em falta de Sementes e Semeadores, para falar no mundo inteiro de Jesus. Sementes são recursos econômicos, material de evangelismo etc.

Estamos ao borde de uma Guerra contra o ISIS, assim como os Missionários estão em Guerra contra o Reino de Satanás. A única diferença esta que as Forças Armadas, tem Munição suficiente em reserva e os Missionários são enviados sem Recursos.

Missões, ainda tem muito Campo para ser Cultivado, a terra inteira precisa urgente de salvação.

Já deveríamos estar falando em Colheita de Almas, mas ainda estamos pelejando para que nos envie Sementes.

A igreja esta demorando muito para semear, campos surgem e desaparecem sem a presença de Missionários.

A metade do tempo de um Missionário ele gasta com os Espinhos, com as Dificuldades. Por que muitas vezes a Igreja envia Espinhos aos Missionários, e os Espinhos não brotam. Quem Brota são as sementes!

Estamos em pleno século XXI e ainda ouço pessoas falando em Contribuir para as Missões com enviar um “Grão de Areia”, os Grãos de Areia também não brotam.

Tem Missionários que derrama muito suor e lagrimas e levam 2 anos para juntar 10 mil tijolos para a construção de um templo, enquanto que tem Igrejas que com 2 cliques chegam todos os tijolos que precisam, sem suor e sem lagrimas.

Em vez dos Missionários irem rapidamente para o Campo, usando um avião, quem esta pegando o jatinho é o Diretor de Missões para ir conhecer o Campo em questão. O Missionário vai de ônibus, barco ou trem levando sua pequena mudança, mas que pesa muito, para um homem só mover e carregar.

Existem Missionários que nem uma Bicicleta tem, enquanto que em muitas casas, todos tem uma Bicicleta, apenas para baixar as calorias.

Continuarei multiplicando artigos missionários com este, até incomodar suficiente o ouvido dessa gigante igreja brasileira adormecida.

Missões não precisa ensaiar, nem inventar algo novo no laboratório, nem mexer no DNA dela, assim como fazem com os grãos transgênicos nas Engenharia Genéticas, para produzir mais.

Todas as sementes das Missões, lançadas com fé, amor, irão produzir 100%, só precisamos que nos ajudem, que nos enviem recursos.

Tem igrejas que querem fazer Missões, e para isso fazem uma parafernália, concentram as massas. Contratam personal trainer, montam uma mega Infraestrutura adequada, para depois atuar.

O tempo esta acabando, precisamos acelerar a Obra Missionária. O Brasil precisa parar de Criar espinhos e facilitar os Missionários enchendo a mão deles de recursos.

ESPINHOS NÃO DÃO SOMBRA NEM MADEIRA

Deveríamos ter muito dinheiro para Missões, para poder fazer tudo o que Deus colocou no nosso coração, sem necessidade de pedir, de chorar, de fazer Campanha de Arrecadações.

Ainda não foi criado o Banco das Missões para onde poderíamos dirigir nossos clamores, nossos pedidos.

Quem pudera que teu coração hoje fosse esse Banco Missionário de onde poderíamos saciar nossa necessidade.

Os espinhos nascem por si só em lugares onde não há atividade. Eles nasceram no campo do homem preguiçoso, segundo Provérbios de Salomão.

A Igreja conforme as palavras de Jesus é como uma grande arvore, que deveria pelo menos inicialmente produzir sombra aos seus Missionários. Logo esta arvore teria que dar Frutos e Recursos para as Missões, mas se ela descuida com a Obra Missionária, estará apenas criando espinhos, sem valor algum. Nem a sombra de um espinho serve para algo, nem sua madeira, apenas para fazer dele um palito de dente.

Vamos reverter a historia? Vamos fazer que a Obra Missionária não seja Espinhosa?

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

mmissionario

Pastor, Missionário, Escritor, Jornalista, Diretor do Mundo Missionário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: